.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Até sempre... Joana...

. Metamorfese em Mim

. Hora de Mudança...

. Amo-Te...

. Dois anos passados...

. Contigo...

. Está na hora...

. Saudades... de mãe...

. 18 meses...

. Os Amores da Minha Vida:

.arquivos

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

.as minhas fotos

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds

Domingo, 29 de Março de 2009

Um poema que me fala ao coração!

Na hora de pôr a mesa, éramos cinco:
o meu pai, a minha mãe, as minhas irmãs
e eu. depois, a minha irmã mais velha
casou-se. depois, a minha irmã mais nova
casou-se. depois, o meu pai morreu. hoje,
na hora de pôr a mesa, somos cinco,
menos a minha irmã mais velha que está
na casa dela, menos a minha irmã mais
nova que está na casa dela, menos o meu
pai, menos a minha mãe viúva, cada um
deles é um lugar vazio nesta mesa onde
como sozinho. mas irão estar sempre aqui.
na hora de pôr a mesa, seremos sempre cinco.
enquanto um de nós estiver vivo, seremos
sempre cinco.

José Luís Peixoto, in "a criança em ruínas" 

Aqueles que amamos jamais morrem!

Amo-te!

sinto-me: ganhando forças...
tags:
publicado por lara_meu_anjo_escondido às 22:56
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Aneara a 11 de Agosto de 2010 às 17:41
Este poema realmente toca a gente. Nos faz lembrar de quem já se foi.

Comentar post

.Nosso Dia de Amor:


RockYou FXText